Coletivos e Grupos de Estudos

Coletivo Libido

Somos o Coletivo Libido do IB,grupo que conversa e discute sobre assuntos relacionados a gênero e sexualidade. A ideia surgiu em meados de 2011 em Sorocaba num Encontro Regional dos Estudantes de Biologia (EREB). Temos como objetivos: quebrar tabus em relação a assuntos que não são abordados dentro do Instituto, relacionar tais temas com a biologia, apoiar as lutas, informar sobre noticias que acontecem dentro da Universidade e fora dela também, formação política e pedagógica sobre gênero e sexualidade. Dentro dessas duas grandes vertentes discutimos sobre machismo, feminismo, homossexualidade, transsexualidade, monogamia e poligamia, pornografia, formação da sexualidade, identidade de gênero, e etc. É sempre muito bom ter pessoas que se interessam e relacionam tais assuntos com a carreira escolhida: e aí, futuro biólogo? O que você acha que a biologia tem haver isso?
 "A constituição biológica não compromete o ser humano, em detalhe, a nenhuma variedade peculiar de comportamento. " Ruth Fulton Benedict 

 

Grupo de Agroecologia

 
O Grupo de Agroecologia Cantadores de Sementes surgiu em 2012 a partir da união de alunos da Universidade Estadual de Campinas preocupados com questões socioambientais no campo e na cidade. Esta preocupação levou o grupo a buscar uma base de formação teórico-prática com conceitos e princípios com os quais se identificam.Entendemos que a agricultura convencional, representada por um modelo agroindustrial exportador não atende as reais necessidades dos camponeses e do povo Brasileiro e ainda é responsável por gerar uma série de problemáticas socioambientais.Por estarmos inseridos no ambiente universitário, onde historicamente se pesquisa e incentiva o modelo convencional de agricultura bem como se ignora saberes populares, cuja importância na Agroecologia é central, tentaremos trazer alguns pontos da Agroecologia em nível acadêmico, com base nas relações construídas pelo conhecimento popular e científico.