Instrução Normativa 10: Comitê de Acompanhamento de Dissertações e Teses

Art. 1º. Dos objetivos

  • . Auxiliar no planejamento do projeto para otimizar o tempo e recursos disponíveis.
  • . Auxiliar na identificação de eventuais problemas ou dificuldades e na proposição de soluções e/ou alternativas.
  • . Contribuir para a melhoria das dissertações/teses e para a publicação dos resultados em periódicos de qualidade.
  • . Incentivar o raciocínio crítico, o debate entre alunos e pesquisadores, a análise e aperfeiçoamento do delineamento do projeto, coleta e análise de dados e discussão dos resultados.

 

Art. 2º. Composição

  • . O comitê será composto pelo orientador e outros dois profissionais a serem indicados pelo aluno e orientador em até 60 dias após a matrícula no PPG-BV, através de formulário (Anexo I).
  • . Os outros dois profissionais que comporão o comitê devem ser portadores do título de doutor.
  • . Caso um ou mais membros não consiga realizar reunião presencial, o recurso de videoconferência poderá ser utilizado.
  • . A substituição de membros do comitê deverá ser acompanhada de justificativa adequada a ser entregue à Comissão do Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal (CPPG-BV).

 

Art. 3º. Normas de atuação

  • . O comitê terá a função de fornecer apoio intelectual aos alunos durante o desenvolvimento da dissertação/teses, não havendo aprovação ou reprovação. O comitê é livre para fazer sugestões e críticas ao projeto.
  • . Aluno e orientador poderão ou não acatar as sugestões feitas pelos demais membros do comitê. É, entretanto, extremamente recomendável que o aluno e orientador justifiquem-se quanto à decisão de não acatar sugestões, seja verbalmente ou por escrito, nas reuniões do comitê.

 

Art. 4º. Responsabilidades de orientadores e alunos

  • . Após as reuniões, o orientador deve assinar um formulário de acompanhamento atestando a ocorrência da reunião (Anexo II). O formulário assinado deverá ser encaminhado à CPPG-BV pelo orientador ou aluno.
  • . As datas de reunião poderão sofrer alterações. É necessário solicitar autorização à CPPG-BV para alteração de data de reunião apenas se a mesma ocorrer fora do prazo determinado nessa instrução normativa. Neste caso o pedido deverá conter justificativa do orientador.
  • . O aluno deverá entregar aos membros do comitê, juntamente com as demais documentações pertinentes às reuniões do comitê, o projeto de pesquisa (1ª reunião) e relatórios de atividades (reuniões subsequentes) por escrito. O projeto/relatório deverá conter informações suficientes para que o comitê possa averiguar problemas e indicar soluções e melhorias necessárias para a finalização da dissertação ou tese. Outros documentos poderão ser solicitados ao discente, se o comitê decidir ser necessário.
  • . Todos os alunos matriculados no PPG-BV a partir de 2019 deverão constituir um comitê de acompanhamento.

 

Art. 5º. Instruções para reuniões de comitê do MESTRADO

  • 1º. A primeira reunião deverá ocorrer em até o dia 31 de agosto do mesmo ano da matrícula de alunos ingressantes no 1º semestre e até 31 de janeiro do ano seguinte à matrícula de alunos ingressantes no 2º semestre.
  • 2º. Os temas sugeridos para a primeira reunião com o comitê são: (1) bases teóricas do projeto, (2) delineamento amostral ou experimental do projeto, (3) cronograma do projeto, (4) sugestões de disciplinas a serem cursadas pelo(a) aluno(a).
  • 3º. Para a primeira reunião recomenda-se encaminhar o projeto escrito para os membros do seu comitê, no mínimo, 30 dias antes da realização da reunião.
  • 4º. A segunda reunião deverá ocorrer em até 14 meses após a matrícula do aluno no PPG-BV (até o dia 31 de maio do segundo ano de mestrado para alunos ingressantes no 1º semestre e até 31 de outubro do segundo ano de mestrado para alunos ingressantes no 2º semestre). 
  • 5º. Os temas sugeridos para a segunda reunião com o comitê são: Temas sugeridos para discussão com o comitê: (1) andamento da coleta de dados; (2) eventuais dificuldades encontradas até o momento; (3) possíveis alterações no plano original e/ou no cronograma; (4) análise preliminar de dados; (5) sugestões de disciplinas a serem cursadas pelo(a) aluno(a).
  • 6º. Para a segunda reunião recomenda-se encaminhar material por escrito para os membros do seu comitê, no mínimo com 30 dias antes da realização da reunião, contendo: (1) síntese dos objetivos do projeto e descrição sucinta das etapas cumpridas, (2) resultados preliminares, (3) um novo cronograma, caso isso seja necessário, (4) uma listagem com as dificuldades encontradas e possíveis soluções.

 

Art. 6º. Instruções para reuniões de comitê do DOUTORADO

  • 1º. A primeira reunião deverá ocorrer em até o dia 31 de agosto do mesmo ano da matrícula de alunos ingressantes no 1º semestre e até 31 de janeiro do ano seguinte à matrícula de alunos ingressantes no 2º semestre.
  • 2º. Os temas sugeridos para a primeira reunião com o comitê são: (1) bases teóricas do projeto, (2) delineamento amostral ou experimental do projeto, (3) cronograma do projeto, (4) sugestões de disciplinas a serem cursadas pelo(a) aluno(a).
  • 3º. Para a primeira reunião recomenda-se encaminhar o projeto escrito para os membros do seu comitê, no mínimo, 30 dias antes da realização da reunião.
  • 3º. A segunda reunião deverá ocorrer até o dia 31 de dezembro do segundo ano de doutorado para alunos ingressantes no 1º semestre e até 31 de junho do segundo ano de doutorado para alunos ingressantes no 2º semestre.
  • 4º. Os temas sugeridos para discussão com o comitê são: Temas sugeridos para discussão com o comitê: (1) andamento da coleta de dados; (2) eventuais dificuldades encontradas até o momento; (3) possíveis alterações no plano original e/ou no cronograma; (4) análise preliminar de dados; (5) sugestões de disciplinas a serem cursadas pelo(a) aluno(a).
  • 5º. A terceira reunião deverá ocorrer até o dia 31 de dezembro do terceiro ano de doutorado para alunos ingressantes no 1º semestre e até 31 de junho do terceiro ano de doutorado para alunos ingressantes no 2º semestre.
  • 6º. Os temas sugeridos para discussão com o comitê são: Temas sugeridos para discussão com o comitê: (1) andamento da coleta de dados; (2) eventuais dificuldades encontradas até o momento; (3) possíveis alterações no plano original e/ou no cronograma; (4) análise preliminar de dados; (5) sugestões de disciplinas a serem cursadas pelo(a) aluno(a).
  • 7º. Para a segunda e terceira reuniões recomenda-se encaminhar material por escrito para os membros do seu comitê, no mínimo com 30 dias antes da realização da reunião, contendo: (1) síntese dos objetivos do projeto e descrição sucinta das etapas cumpridas, (2) resultados preliminares, (3) um novo cronograma, caso isso seja necessário, (4) uma listagem com as dificuldades encontradas e possíveis soluções.

 

Art. 7º. Sanções

1º. O aluno que deixar de cumprir os prazos de constituição do comitê ou das reuniões do comitê estará impedido pela CPPG-BV de concorrer a editais de auxílio financeiro pelo PPG-BV e de realizar a Análise Prévia da Dissertação ou Tese até que todas as reuniões indicadas nesta instrução normativa sejam realizadas.

 

Art. 8º. Considerações adicionais

  • 1º. A fim de evitar que alguns docentes fiquem sobrecarregados com atividades relacionadas ao comitê de acompanhamento, recomenda-se que cada docente do programa participe de, no máximo, dois comitês simultaneamente, além dos comitês de seus orientados. Fica a critério de cada docente, entretanto, definir de quantos comitês participará.

 

Art. 9º. Casos omissos serão resolvidos pela Comissão do Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal.

 

ANEXO I

ANEXO II

 

Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal, aprovado pela Congregação do IB em 21/05/2019.