Histórico

Os programas de Mestrado e Doutorado do Curso de Pós-Graduação em Ecologia, foram implantados em 1976 e 1980, respectivamente, com o objetivo de formar mestres e doutores capazes de tomar posições de liderança no ensino e pesquisa em ecologia a nível nacional. Desde a primeira tese de mestrado, em 1979, o Curso concedeu até dezembro de 2012, 323 diplomas de mestre e, desde 1985, 200 diplomas de doutor.

Durante os seus 30 anos de existência, o Curso vem aumentando e modificando seu quadro de professores permanentes e participantes. Hoje o Curso reune um corpo docente diversificado, oriundo de seis Unidades da UNICAMP (Departamento de Zoologia, Departamento de Botânica, Departamento de Parasitologia, Departamento de Genética e Evolução, Museu de História Natural e Núcleo de Estudos Populacionais e Ambientais) e de outras Instituições (UERJ, UFPR, UNESP e Instituto Butantan).

O Curso de Ecologia da UNICAMP enfoca áreas básicas, conceitualmente fundamentais de Ecologia de Populações e Ecologia de Comunidades. As pesquisas sobre Biodiversidade consideram uma ampla gama de grupos taxonômicos de organismos terrestres e marinhos. Pesquisas aplicadas são desenvolvidas sobre agroecossistemas, doenças parasitárias, conservação biológica, e recomposição de áreas degradadas.Os Cursos de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ecologia, receberam conceito "7" no Processo de Avalição CAPES referente ao triênio 2007/2009.

 

Teses defendidas